O porquê de eu ser feminista

23.5.16


 Sim, sou feminista. Não, não odeio homens, só parei de aceitar babaquices que muitos deles fazem. Sim, eu me depilo, mas é porque eu quero, não porque esperam isso de mim.

 Foram criados estereótipos de feministas que não fazem sentido algum. Claro, há feministas que se expressam de diversas maneiras, mas isso não quer dizer que todas são iguais e muito menos que existem feminazis. Esse termo extremamente errôneo é usado por machistas que não aceitam o fato de que não vamos mais ficar caladas, mas se esquecem que remete à uma época da história que matou milhões de pessoas e, pelo que eu saiba, o feminismo não mata ninguém, enquanto o machismo já matou e continua matando.

 Já reproduzi machismo, sim, pois eu acreditava que essa era a única opção. Tenho certa vergonha de admitir, mas já julguei alguém que fez sexo no primeiro encontro. Já falei que cabelo crespo é cabelo ruim. Já usei gordo(a) como insulto. Já disse coisas que eu considerava normais, mas que são erradas. E o feminismo me levou a rever esses aspectos da minha vida que eu nunca havia parado para refletir.

 Até 2015, eu era pouco interessada por militâncias e movimentos, mal sabia quais existiam. Criei um novo perfil no Facebook (havia deletado o antigo) para tratar de questões relacionadas à faculdade. Foi quando meu feed de notícias começou a se encher de informações sobre um tal de feminismo.
 Curiosa, quis aprender mais do porquê eu achava aquilo tão assustador, porquê as pessoas usavam o termo como se fosse errado ser feminista. Quanto mais eu lia, menos entendia essas dúvidas.
 Tudo que eu estava descobrindo eram coisas que eu já havia questionado antes, mas não fazia ideia de que existia um movimento inteirinho pautado nelas: Por que sou obrigada a aceitar quando um homem me "elogia" (é assédio, mas eu achava que era elogio, pois era isso que me ensinavam) na rua? Por que os meninos são elevados a maiorais quando ficam com várias meninas, mas se uma menina ficar com vários meninos ela é xingada e marcada pela sociedade? Por que não posso usar roupa curta, se é esse tipo de roupa que eu gosto? Por que?
 Essas e outras perguntas passavam pela minha cabeça e eu não encontrava respostas, mas, quando eu descobri que o feminismo diz que não sou obrigada a aceitar assédio, diz que posso ficar com quem eu quiser (e se EU quiser) e diz que eu posso vestir a roupa que me der vontade... Meu coração se encheu de amor.


Fontes (www) (www) (www)
 Aos poucos, fui descobrindo mais. Fui descobrindo todos os equívocos nas minhas falas do cotidiano, para tentar reparar os danos causados por anos reproduzindo machismo. Fui descobrindo a sororidade e como é necessário as mulheres se unirem, ao invés de se tratarem como rivais. Fui descobrindo que eu sou dona de mim e dona do meu corpo.
 O machismo é algo que nos foi, e ainda é, ensinado. É uma convenção social que esperam de nós e, quando lutamos contra isso, somos vistas como ameaças. Se ser uma ameaça quer dizer não aceitar mais injustiças, não aceitar ser inferiorizada pelo simples fato de ser mulher, não aceitar nenhum tipo de preconceito, não aceitar "piadas" de mau gosto e, acima de tudo, não aceitar ninguém querendo falar como devo viver a minha vida, então eu quero ser uma ameaça sim.

 O feminismo é sobre empoderamento e equidade de gênero. É sobre tratar mulheres como seres humanos, em vez de objetos sexuais e meramente secundários. É sobre permitir que homens sejam sensíveis e que exerçam papeis que foram definidos como "coisa de mulherzinha". É parar de usar "coisa de mulherzinha" como um insulto. O feminismo é para todo mundo.

Então, o porquê de eu ser feminista? Graças ao feminismo, estou me amando mais, estou aprendendo a ser muito menos ignorante e muito mais livre. É, simplesmente, por isso.


 Fiz esse post, pois acho necessário discutir esse tipo de coisa, já que tem muita gente com a ideia errada sobre o feminismo. Convidei outras blogueiras maravilhosas para fazerem o mesmo. À medida que elas forem compartilhando seus textos, irei colocar o link aqui para quem quiser ler mais, aprender mais e descobrir novos pontos de vistas sobre o assunto.
- Nuvem de Novembro
- Entre Anas 

 Sobre os comentários: Ninguém é obrigado a ser feminista, mas, se for para discordar do que eu disse nesse post, espero que seja em forma de discussão saudável. Insultos e desaforos não serão aceitos.
Espero que tenham gostado.

26 comentários

  1. Eu tenho uma amiga que se diz "contra o feminismo", dessas que compartilha página com esse tema no facebook, obviamente sempre um post sem sentido nenhum. Impressionante como ainda tem gente que não pesquisa, não estuda de fontes decentes, mas só absorve tudo o que uma página de facebook fala, e reproduz.
    Posts como esse ajudam a clarear mentes, mesmo que não sejam muiiitas a ponto de mudar uma sociedade, mas muda a forma de agir de algumas mulheres, umas com as outras, e quem sabe, a atitude de alguns homens também. Adorei!

    Beijos,
    http://brunismos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, conversa com essa amiga sobre isso. Que bom que gostou do post, linda <3

      Excluir
  2. Só agora consegui que a minha internet colaborasse para eu comentar aqui <3 Eu mudei muito por causa do feminismo também, percebo que tem muita informação errada e que muita gente nem pesquisa sobre. Nada melhor que compartilhar experiências <3


    Nuvem de Novembro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada melhor que compartilhar experiências mesmo <3

      Excluir
  3. Até uns dois anos atrás eu reproduzia muito machismo, foi lendo matérias e conversando com amigas que eu descobri esse "novo mundo", e o melhor de tudo: aprendi a me amar acima de tudo!

    Ps.: Quero tatuar o post na minha testa! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha dá vontade de tatuar na testa mesmo para as pessoas entenderem de vez o feminismo. Beijos <3

      Excluir
  4. Por um mundo cada vez mais feminista e maravilhoso! Tenho orgulho de ser feminista também, cada dia mais. \o/

    http://naomemandeflores.com

    ResponderExcluir
  5. Que post lindo <3 E extremamente necessário. Acho que cada vez mais o feminismo precisa ser abordado, difundido e discutido por aí, principalmente na internet.
    Não faz muito tempo que eu comecei a ver a importância do feminismo. Tinha ideias muito erradas e por vezes até machistas que foram colocadas na minha cabeça ao longo dos anos. Mas tô aprendendo a desconstrui-las cada vez mais e mudando muito a minha maneira de pensar!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom <3333 Vamos desconstruindo cada vez mais.

      Excluir
  6. Simplesmente isso! Nós ajudamos umas as outras, nos empoderamos, cuidamos, zelamos; isto é feminismo, e vamos falar, porque machistas não vão passar, ninguém mais nos silencia <3

    ResponderExcluir
  7. O que mais me deixa chateada é que tem gente que fala que machismo não existe mais, quando mulheres ainda sofrem com assédio na rua (nem precisa estar com roupa curta), no metrô, no ônibus, em casa, quando mulher ganha menos pelo mesmo cargo numa empresa, quando uma mulher deixa de ser contratada porque engravida e "dá mais despesa", quando mulher ainda é impedida pelos pais/namorados/etc de usar roupa curta e maquiagem forte porque é coisa de puta... enfim, acho que todas nós já sabemos de tudo isso rs.
    O problema é que quando você tira o privilégio das pessoas, elas simplesmente se recusam a te dar ouvidos. Incomoda admitir os erros e preconceitos. Mas vamos lá que a gente chega lá!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, assim como tem gente que fala que racismo não existe, que somos vitimistas... Me poupe! É importante resistirmos.

      Excluir
  8. Isa, que post mais FODA!
    Primeiramente, que imagem é essa, amei <3
    Segundo, eu também já falei muita coisa machista por falta de conhecimento. Ainda bem que a gente cresce e muda né? O feminismo realmente é só amor. Devemos continuar levantando essa bandeira pra que cada vez mais as mulheres se empoderem e sejam mais felizes.
    Beijos!

    claramenteinsana.com

    ResponderExcluir
  9. Acho que todas em algum momento já reproduziram machismo, porque a sociedade nos induz que é a ideia correta. Uns 3 anos atrás eu era outra pessoa, toda errada. A luta está só no começo. ♥

    www.faltouacucar.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca é tarde para perceber o erro que é reproduzir machismo e tentar desconstruir isso!

      Excluir
  10. Compartilho de algumas opiniões iguais a sua... Mas não gosto de títulos.
    Eu concordo com algumas (muitas até) ideias do feminismo mas não gosto de me entitular "feminista", como também não gosto de entitular ninguém como "machista", como também não gosto de entitular ninguém de "puta" só porque transou no primeiro encontro... Entende?! Prefiro dizer que a pessoa está tendo "atitudes machistas" e essas coisas... (Não sei se deu pra entender, hahahaha).
    E eu acredito que o radicalismo (em ambos os lados e em qualquer lugar do mundo) não é saudável. (Não estou dizendo que você foi, é minha opinião mesmo)
    Beijão ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vejo problema nenhum em títulos, é só uma maneira mais prática de dizer quem eu sou. Eu poderia ficar um tempão dizendo que sou a favor do empoderamento feminino e da equidade de gênero, mas falar que sou feminista já resume tudo isso em um só termo. Beijos

      Excluir
  11. Quando eu leio posts incríveis eu, normalmente, sinto uma vontade louca de agradecer a pessoa por ela ter feito o post, mas com esse... menina, eu queria te dar um super abraço agora!!!
    Já fui uma pessoa machista também, por terem me ensinado que esse tipo de comportamento era "normal", mas também já tive esses questionamentos sobre os motivos de todas essas atrocidades seres, de fato, "normais". Quando descobri o feminismo, foi como se tudo, finalmente, estivesse nos eixos. Eu prego a palavra do feminismo como se fosse da igreja. Não me importo se me acham chata ou se não aguentam mais ver meus compartilhamentos feministas no facebook, não me importo mesmo. Só vai continuar a ser chato para aqueles que não querem aceitar que o feminismo é a salvação para todo o sofrimento que as mulheres (e os homens também) veem sofrendo há anos, e eu vou estar lá, batendo o pé sobre aquilo que eu acredito e desejo para a próxima geração, até essas pessoas que acham "feminismo bobagem" pararem de achar.

    O meu seminário do ano passado foi sobre isso e eu adorei, adorei mesmo. Tô até pensando em fazer novamente hahah

    Abraço,
    milenaschabat.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que comentário mais lindo, quero te abraçar também! A questão é essa né, nos ensinam machismo, mas está na hora de ensinarmos o feminismo <3

      Excluir
  12. Sim o feminismo faz de nós pessoas melhores para o mundo!!! Também já julguei muito!!! Mas desde que me infiltrei nesse mundo me sinto melhor!!!

    Não sei você mas cada dia é um discurso que faço kkkk sempre vem alguém e me diz olha a roupa daquela mulher, que vadia, que promíscua, aí lá vai eu defender a causa!!!!

    Ainda tenho muito o que aprender e ainda tenho muito o que mudar e melhorar, mas sinto que com a internet hoje em dia e com a causa nas mídias e no mundo de hoje aprendemos um pouco todos os dias!!!

    👏🏻👏🏻👏🏻

    Barbara

    http://ironicamenteinusitado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Também já fui machista. Já cheguei até a postar no facebook coisa do tipo "não sou feminista, graças a Deus". E não que eu me arrependa, porque fez parte de quem eu era. E de quem eu sou, de certa forma. Mas é exatamente como você disse, muito bem colocado, feminista eu aprendi a me amar. E acabei aprendendo a amar o próximo (e as manas, principalmente <3). Vamos nos unir, moças. Adorei seu blog.
    Beijos!

    ResponderExcluir